InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» MvP Naght Sieger
por Victor Dom Jul 24, 2016 4:25 pm

» TS clã valor
por Victor Dom Jul 24, 2016 4:22 pm

» Torre Sem Fim [24/07]
por Victor Sab Jul 23, 2016 7:49 am

» SS's Aleatórias
por Hidan Miles Qua Jul 20, 2016 2:32 am

» SKIN NOVA para o RAG
por Tibeto Qui Jul 07, 2016 10:08 am

» Atualização 05/07
por Tibeto Ter Jul 05, 2016 8:45 am

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 22 em Dom Abr 07, 2013 11:24 pm
Top dos mais postadores
Tibeto
 
Darte Sky
 
Luiz Gomes
 
Hidan Miles
 
isabellf
 
Rebus
 
Victor
 
SynChrO
 
Nina
 
dianalf
 

Compartilhe | 
 

 fanfic Familia lander

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Kaipira
Aprendiz
Aprendiz


Mensagens : 6
Data de inscrição : 05/06/2011

MensagemAssunto: fanfic Familia lander   Seg Set 26, 2011 3:33 pm

O Inicio


Era mais um belo dia em Izlude, os passaros cantavam,Os barcos sumiam no horizonte, enquanto a sombra do aeroplano cruzava a cidade,Jack Lander Um mercador muito conhecido leva alguns vasos de barro em seu carrinho,Mas atrás sua esposa Ariel Toda empolgada não parava de falar:
-conseguiremos as mais belas flores,seremos os ganhadores da exposição de Hugel,Até mesmo a Jess Vai emplorar para vender nossas flores não é Querido?
-Jack Concordava simplismente abaixando a cabeça, sem dizer uma unica palavra.
Os dois param em frente a escola primária de izlude e aguardam, entre a multidão , vem dois pirralinhos ruivos
se batendo e discutindo:
-Petites não são Ferus anões, Afirma Daniel!
-Eu to dizendo que poderiam ser, seu cabeção retruca Rafael
-Vamos parar com isso os dois,Grita Ariel com certa autonomia, Irmãos não podem brigar.
-Papai posso ir no carrinho?
-Claro Daniel só toma cuidado pois esses vasos são fragéis.
-Pai eu Sou o Rafael!!!
-Eu não tenho culpa de vocês serem Gêmeos e tão parecidos, diz Jack (/gt)
Agora vamos logo, O Aeroplano sai daqui a pouco para Hugel, Não podemos Perde-lo!
Segue a familia toda Unida, O casal a frente, Daniel ao lado e Rafael Dentro do carrinho.
Sobem até a plataforma de embarque, Daniel se dirige a um mercador e compra alguns sucos de banana como de costume, Todos embarcam no aeroplano rumo a floricultura em Hugel.Até agora era um dia normal como todos os outros, Mas nesta mesma tarde ocorreria um desastre, algo que mudaria de vez a vida da Familia Lander.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Preparativos

Chegando em Hugel os quatro se dirigem para o comercio da familia,Ariel a mãe abre a lojinha e atende aos clientes enquanto Jack começa a encher os vasos do carrinho com terra. Daniel Começa a aguar as Flores com um pequeno regador Amarelo, Rafael por sua vez ajuda Daniel cochichando baixinho no ouvido do irmão:
-Vamos lá?, o velinho vende pra gente tenho certeza....
-Não Rafael, eles não vendem fogos de artificios para crianças
-Ah Daniel, agente da um jeito!
-Da um jeito como?
-Ta vendo aquele bigode grisalho?
-Agente faz assim, você sobe nos meus ombros, agente veste a tunica do papai e você coloca o bigode grisalho,
um chapeu do velho Oeste e pronto, ele é velho gagá, nem vai desconfiar.
-He he he então ta!(Sorriso Maléfico de Daniel)
Ariel Pede para Jack atender os Clientes, Ela vai com algumas outras floristas buscar sementes de dente de dragão, uma flor muito bela e rara.O Marido então assume o posto e Sorrateiramente os dois Diabinhos gemeos
poem em ação seus planos.Os dois Fazem toda a parafernalha, chegam até a loja de fogos de artificio, cambaleando, o vendedor os atende desconfiado:
-Boa Tarde Senhor...Gostaria de comprar alguma coisa
-Me veja dois fogos de artificio e uma bombinha de fumaça,Diz Daniel engrossando a voz.
-Hmmm, Conheço esse bafo de suco de banana!, e pensando bem acho que conheço você rapaizinho.(o velinho puxa o bigode postiço)
-Corre Rafa!!! A Casa Caiu! - Grita Daniel
Os Dois saem correndo da loja tropeçando e caindo enquanto o velho senhor vai atrás gritando e chingando num antigo idioma de Kunlun.Os dois param praticamente sem folego, e após alguns segundos de silencio eles caem na gargalhada,vão andando de volta e antes mesmo de chegarem escutam o alvoroço,Varias Mulheres com aventais e cestos correndo em direção as construções.Os dois assustados correm junto com a multidão mesmo sem intenderem nada.
"Estamos sendo atacados! gritam os guardas...."
Formação de defesa no Portal Sul.
Todos os guardioes da cidade se mobilizam, os Magos e feiticeiros conjuram seus poderes, enquanto os caçadores descem da guilda, os falcoes cruzam o céu enquanto os lobos uivam, o cenário é de Guerra.
Jack recolhe os gemeos entre a multidão e os coloca abaixo do balcão da loja,
-Não saiam dai, eu vou buscar a mãe de vocês!

Escuro!

O Medo era evidente, por entre as frestas das tabuas da loja os gemeos viam toda a movimentação, Trovões de Jupter passavam em todas as direções, havia magos invocando esferas dagua de dentro da fonte, Saiam faiscas de fogo das espadas, dragoes andavam entre o patio central da cidade. Era uma verdadeira guerra os Gemeos calados Observaram tudo com muita atenção.
-São os Dragões -Disse Rafael
-Você esta com medo? pergunta Daniel.
-Claro que não! responde Rafael tremendo e rangindo os dentes.
Enfim o barulho diminui, os noviços e sacerdotes começam a atender os feridos os gemeos saem para fora
Gritam pelo pai e nada, desolados concordam entre si esperarem dentro da loja.
Eles entram e se sentam bem proximo a janela, os dois juntos quietos observando tudo.
A tarde se vai e chega a noite, as ruas se tornam desertas apenas os dois ali pemanecem,lagrimas já são inevitáveis, mas é claro que nenhum dos dois viu o outro chorar afinal era noite e estava escuro.
Um barulho rompe o silencio, um feixe de luz do luar adentra a loja,
Papai! os dois Gritam ao mesmo tempo.
Eis que surge Jack todo ensanguentado com uma machado na mão, entre lagrima e Gemidos Um sacerdote o acompanha,ele se senta e começa a chorar amargamente seus dois filhos vendo o desespero não ousam perguntar nada,uma coisa era certeza, Mamãe não voltou!


Desespero


O Sacerdote lconjurarevelação, Se apresenta como sendo Samir de Prontera,e pede para que acendam uma vela,
Daniel mais que depressa vai ate uma gaveta e traz a vela, Rafael se esforça para achar a caixa de fosforo enquanto a luz da revelação não se apaga.
Pronto! A Vela esta acesa, o sacerdote diz que ajudará nas buscas quando amanhecer, ele conforta Jack e as crianças, Pergunta se eles ja haviam se alimentado, ninguem nem sequer responde.
Samir então segue ate um bau de mantimentos, encontra ali apenas um suco de banana,introduz 2 canudinhos e oferecem aos gemeos.Jack se levanta e caminha ate o banheiro,Pede a Samir que o deixe sozinho.
Os irmãos detonam o suquinho, Samir coloca a mão na cabeça de Daniel e diz que tudo ficará bem
-Amanhã eu e meu pai encontraremos nossa mãe diz Rafael.
Um estrondo vem do banheiro, barulho de vidros quebrados Samir chega primeiro ao comodo e não deixa os dois verem a cena, Jack havia sucumbido ao desespero e se suicidado.
Daniel grita a Samir, Por favor ajude o nosso pai, Eu não posso ressuscitar quem não quis mais viver responde o sacerdote.
Por favor vão para fora, eu cuidarei de tudo fala firmimente Samir.
de tudo o que pergunta Rafael?
Do Funeral responde Daniel.
os irmãos saem para fora e começam a chorar, um abraçado ao outro.
-O Que faremos agora Mano?
Nenhum dos dois se atreve a responder.....


Flores

O Dia Amanhece e o funeral de Jack se inicia,Varios amigos vindo de Izlude dão os pesames aos irmãos,
alguns mercadores mal intencionados já demonstram interesse pela Floricultura.
O tempo não para e ao findar da tarde, as buscas são canceladas, não há mais sobeviventes diz o capitão Holsen, O enterro acontece, as flores da loja infeitam o caixão de Jack, Uma coroa de dentes de dragão é trazida com o nome de Ariel, o casal está ofcialmente morto.Todos se despedem, um vento forte do leste provavelmente trará chuva.
Daniel Já conformado leva a mão até o ombro de Rafael e diz:
Amanhã retomaremos o negocio de nossos pais, Afinal as flores estão Murchando e....
-Nada disso!- responde Rafael
-Era a vontade de nossos pais Rafa,vamos ganhar o festival por eles...
-Não Dani, eu enterrei as Flores junto com nossos pais,de agora em diante sera diferente
-Como assim diferente?
-Eu Quero por toda essa dor, para fora....
- O Que quer dizer?como assim ?ta maluco mano?
- Amanha eu me alisto na escola de espadachins em Izlude,Trocarei o regador pela espada irmão.
-Eu irei com você, responde Daniel (Afinal minha familia agora é você Rafael pensa Daniel)
-E as Flores Daniel?
-Como você mesmo disse Rafael, eu tambem já as enterrei.

Motivação...

Depois eu escrevo, comentem
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Daãnieèl   Dom Out 23, 2011 11:01 am

Nossa man , muito phoda .. dahora manoo.. Continua ta ficando mo dahora ..'
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
fanfic Familia lander
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Ideia para uma fanfic of Tsukihime/Melty Blood crossover com O Maskara
» [Fanfic] The Wrath of Kiro
» [FanFic] Star Wars: Hedgehog legend
» [Fanfic] As aventuras de Light
» {FanFic}Ex the Artificial Hedgehog[S02E04]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Fanfics/Contos-
Ir para: